Caracas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Banderavenezuela.jpg En este artígo se habla venezolano!

Se no entiendes un carajo de lo artículo, no jodas más, si no,
Er Conde del Guácharo te vaya a pegar!


Cquote1.png Tenho Medo Cquote2.png
Regina Duarte sobre Caracas
Cquote1.png Caraca! Vou pra Caracas Cquote2.png
Você tentando fazer uma piadinha sem graça.
Cquote1.png Para el pueblo de Venezuela, que voy a hacer de Caracas la ciudad más grande en el sur de ame'rica! Cquote2.png
Hugo Chaves mentindo em momento de eleição
Cquote1.png Por quê Deus? Por quê tive que nascer nesta desgraça? Cquote2.png
Venezuelana sobre Caracas
Cquote1.png Tem gente morando no meu pinico? Cquote2.png
Deus sobre Caracas
Cquote1.png Caracas? O que é isso? Cquote2.png
Humano comum sobre Caracas
Cquote1.png Nós temos o melhor grupo musical da América do Sul! Cquote2.png
Venezuelano se gabando
Cquote1.png O quê mais? Cquote2.png
Resto da América do Sul perguntando
Cquote1.png ... Cquote2.png
Venezuelano respondendo

Caracas é a capital da Venezuela, conhecida como Hugochaveslândia, pelo fato de ser a capital do pequeno império Chavense.

Características gerais[editar]

Caracas é uma das maiores capitais da América do Sul, porém, a cidade em si é minúscula, visto que, em sua esmagadora maioria, as pessoas vivem em favelas pauperríssimas, o que é inconcebível para padrões brasileiros. Porém, boa parte do orgulho dos venezuelanos se resume á boa educação musical recebida por tais. Um unico benefício chavista que ele providenciou no governo.

Pelo simples fato de serem extremamente comunistas no poder chavense ou chavino, os venezuelanos por boa parte das vezes acabaram por pegar uma certa rivalidade com os Estadunidenses pelo fato de serem capitalistas e por puros desentendimentos com o ex-presidente George W. Bush. Por ser doido focado o presidente Chaves acabou por ser o terceiro mais temido entre os estadunidenses, perdendo apenas para Osama Bin Laden e para Mahmoud Ahmadinejad.

O presidente é muito amado pelo povo caraquense.

História[editar]

Caracas teve sua história em mais de 1200 anos atrás quando o Deus Tupã da cultura dos indios tupi; acabava de ir ao céu. Como ainda era extremamente n00b com seus poderes divinos Tupã ficou no céu parado por quase 1 anos com medo de fazer algo imprórpio ou desaconselhável para um Deus. Logo sem querer quando estava com fome; Tupã foi pegar um leitinho na geladera para assisitir um pouco Televisão comendo cereal; porém ele acidentamente deixou cair um pouco de leite no chão. E isso foi parar na terra venezuelana. Na época alguns indios alegaram ver uma grande corrente branca de água cair no chão causando um estrondo espetacular.

Impressionados com tal feito diversos indios de diversas partes decidiram ir para lá para principiar á morar naquele local que denominavam "sagrado". Porém alguns meses depois descobriram que o local não prestava mesmo; e alguns foram; mas o mais fanáticos ficaram fazendo a população crescer mais ainda.

Após a chegada dos europeus espanhóis na venezuela; a maioria considerava aquela terra como uma terra desgraçada e deserta. Porém; ao melhor analizarem tal território a maioria viu pelo radar do rei da espanha que uma boa concentração de índios estava no leste do território. Porém ao irem lá viram que nada era senão uma excursão que alguns faziam de ônibus. Porém logo o radar espanhol apontou para a cidade-capital onde havia indios te todos os tipos adoradores do solo divino.

Após contar a origem da cidade; porém a maioria não acreditou que tal cidade havia sido fundada daquela forma; mas após os indios mostrarem fotos e vídeos da chegada do líquido branco em tal solo; os espanhóis passaram á venerar tal. O pior de tudo; foi como os indios eram tão pretinhos. Aí surgiu a teoria de que tupã teria derrubado café no mesmo local.

Economia[editar]

Caracas, assim como toda a Venezuela, tem a boa parte de sua economia destinada ao petróleo pelo simples fato de ali terem morrido diversos dinossauros, de tão pobre que ela era. Ao menos, segundo o povo venezuelano, eles tem mais petóleo que o Brasil e a Argentina juntos, o que não deixa de ser verdade.

O maior rival petrolífero sulamericano da Venezuela e de Caracas é a Bolívia, que organiza e bem distribui cerca de 900 barris por dia. Porém, como o povo caraquense é, em boa parte, pobre, sendo apenas uma pequeniníssima parte beneficiada (a galerinha da vila do Chaves), sendo o Seu Madruga o maior tutor petrolífero da região. A maior parte de toda a população venezuelana nem sequer sentiu o pequeno cheiro fragancioso de uma gota sequer de um pequeno barril de petróleo nacional, apenas teve de ouvir um mol de vezes o simpático e democrático presidente da República vangloriando os recursos minerais da nação.

Geografia[editar]

Caracas fica na casa da mãe joana no meio do nada e só pode ser conhecida por um jogo de batalha naval, mais aproximadamente em A1. Acredite, o pontinho da localização ainda ultrapassa o tamanho real da cidade. O único atrativo são as águas correntes do rio Pinico, região riquíssima em biodiversidade, onde encontram-se espécies como o tubarão de água adocicada e a vaca marinha. A cidade é encoberta por muitas árvores e tem extensão de 500 km, tendo 20 km de distância entre uma casa para a outra. A criação de Mafagafos na cidade influenciou a sua repugnância pela cor amarela. O que pouco sabem é que diversos mafagafos migraram para outras cidades, como Georgetown, Quito, Budapeste, Glasgow, Edimburgo, Copenhague; e muitas outras. Porém, nem todos sobreviveram. Um trágico acidente da Air France matou 9 mafagafos que iam ilegalmente para Paris e 1200 não conseguiram sequer sair da cidade, pois pegaram o avião da Varig.

Ver também[editar]