Deli

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Algumas belas casas de Deli. Uma influência arquitetônica em toda Índia.

Deli é - de acordo com a ONU respaldada pela NASA - o maior conglomerado de caos urbano do universo: Poluição, pobreza extrema, trânsito caótico, lixo, fezes de vaca, tudo numa mesma cidade. Deli é oficialmente conhecida como Território Fudidão da Capital Nacional da Nação dos Encantadores de Serpentes de Deli (TEFUCANNESD), conhecida carinhosamente também pelo apelido A Cidades dos Sete Vampiros devido a uma lenda hindu que diz que foi em Deli que os sete vampiros adestradores de tartarugas beberam o sangue do divino boi caprichoso e alcançaram o Nirvana ao som do sutra Smells Like Teen Spirit.

História[editar]

Uma típica rua espaçosa de Deli.

Deli, de acordo com a lenda hinduísta, foi fundada em 1.000 a.C. por um dono de 3 bois que estava andando por ali e ao sentir fortes câimbras na coluna não conseguiu mais se mover sendo forçado a fundar esta cidade. Depois disso, na falta do que fazer daquele povo, foram travadas em Deli muitas batalhas, muitas guerras, muitas invasões, muitas destruições e muitas conquistas.

De acordo com as antigas inscrições Jedi no Templo de Tapa-no-cu em Deli, a cidade cresceu por ser o principal caminho da peregrinação de uns barbudos que cismavam em ir todo ano para Taxila fazer circuncisão nos seus parentes (cidade que recebeu esse nome porque para chegar lá muitos pegavam táxis em Deli).

No século XVI foi a vez de Akbar governar Deli, não que ele tenha feito muita coisa lá, mas foi graças a ele que o conhecimento do Kama Sutra foi difundido na cidade.

Em 1947 durante a Partição da Índia, todos árabes de Deli foram expulsos para o Paquistão, e depois que o sultão hindu Surta-na-Baranga condenou Deli como definiu "Esta é uma cidade sem salvação, amanhã eu quero uma cidade nova no lugar daqueles brejos ali", e assim construíram em menos de um dia, com a força de trabalho de 50 milhões de semi-escravos, a Nova Deli ao sul de Deli, que foi considerada a capital da Índia, e Deli deixada às moscas para não passar de uma imensa favela, a maior do mundo com 13 milhões de favelados.

Atualmente, Deli está crescendo sem parar e exponencialmente. Pesquisas feitas nos laboratório de Deli mostram que a Índia irá colapsar em breve sobre si mesma, começar a tragar o Paquistão e Bangladesh, e então a Ásia inteira e assim exponencialmente até o sistema solar explodir (para mais detalhes técnicos sobre esse fenômeno, consulte o artigo Buraco Negro).

População[editar]

Povo de Deli comprando patas de baratas no mercado popular da cidade.

Imagina um negócio caótico... São mais de 13 milhões só de atendentes de telemarketing e motoristas de táxi, sem contar as vacas, os elefantes, as serpentes e as baratas. Para onde você acha que vão as fezes de todos esses seres se não existe algo como esgoto?

Cultura[editar]

Toda a beleza das neblinas tóxicas de fumaça de Deli.

Apesar de oficialmente constar que Deli possui mais de 50.000 línguas oficiais, o povo em geral fala o indiano, que é uma espécie de inglês-WTF com o triplo de letras "k", "x", "z", "q" e "*".

A principal atividade cultural dos habitantes locais é comparar qualquer coisa em Deli com Mumbai.

Lazer[editar]

A principal atividade de lazer do povo de Deli é sentar em algum lugar na calçada e começar a tocar uma flauta para encantar serpentes.

Turismo[editar]

Tanto lugar melhor no mundo e existe turista que vai para Deli só para ver o tal do Taj Mahal o maior monumento do mundo em adoração à ereção masculina.