Erva

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Erva é um tipo de vegetal fumável que não é forte o bastante pra ser uma árvore e nem é pequena a ponto de ser um capim.

História antiga da erva[editar]

A erva surgiu no Devoniano Inferior próximo ao Vale do Rift. Foi descoberta inicialmente pelo Nigersauro no Cretáceo, um período cheio de guerras jurássicas, dinossauros disputando espaço e poder. O Nigersauro passou a se alimentar exclusivamente de erva e não tinha muita competição por alimento. Até que outros dinossauros descobriram os prazeres da erva e a erva começou a ficar escassa e quase entrou em extinção, sendo salva pela extinção dos dinossauros. Milhões de anos mais tarde a erva voltou a entrar na dieta de uns animais. O Australopithecus além de comer a erva passou a também a fumar. Eles passavam o dia todo numa mistura de erva e sexo. Isso aumentou a quantidade de neurônios e causou a evolução do macaco pro humano. Quando algumas tribos de humanos saíram da África levaram a erva com elas. A erva se disseminou por todas as partes do planeta e foi a base da construção das primeiras sociedades. Como forma de pagamento pela mão de obra da construção das pirâmides, os faraós ofereciam erva para os hebreus. Foi o poder da erva que fez com que aquelas pedras imensas e pesadas fossem levadas até o topo das pirâmides. Os povos da Mesopotâmia também consumiam muita erva. Na Babilônia, Assurbanípal, que era careta, resolveu matar seu irmão Chamás-Chum-Uquimm, que gostava de uma erva, e queimar todas as plantações de erva que existiam entre o Rio Tigre e o Rio Eufrates. O episódio ficou conhecido como Fogo na Babilônia e foi um dos maiores genocídios de erva já presenciado na história da erva. Na Roma antiga a erva foi proibida e assim ficou durante toda a Idade Média.

A erva no Brasil[editar]

A erva chegou no Brasil à 10.000 anos com os primeiros índios que chegaram. Os Tupinambás foram os grandes responsáveis pelo cruzamento de algumas espécies de erva que ficaram extremamente selecionadas e especiais. Os Tupiniquims tentaram roubar a genética perfeita da erva dos Tupinambás mas não obtiveram sucesso. A erva dos Tupinambás permaneceu por séculos restrita, mas com a chegada do português a erva foi descoberta e difundida pelo mundo.

A erva na Mitologia[editar]

A erva foi a responsável pela invenção de toda a mitologia grega. Caos seria o verdadeiro percursor da erva segundo os gregos e seria graças ao poder da erva que ele conseguiu ter filhos sem ter comer ninguém. Afrodite gostava da erva pra transar. Fumava erva antes pra inspirar e depois pra relaxar. O Minotauro precisava de erva para se localizar dentro do labirinto e se faltasse a erva ele nem ousava sair do lugar. Ossaim seria o mestre no cultivo da erva mas o maior apreciador é Exu, o rei das velas e troncas. Exu gosta tanto de erva que existe até uma evolução do Exu, que é o Exú Come-Fogo.

A erva atualmente[editar]

Está cara, muito cara. É preciso tirar o escorpião do bolso pra conseguir uma erva da boa.