Fallout

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Fallout é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Sephiroth mata a Aeris.


Faláuti
Nuka Cola.jpg
Série patrocinada descaradamente pela Coca-Cola
Gênero ROG, FPS, aventura, survival e um pouquinho de Elder Scrolls
Desenvolvedor Bethesda
Publicador Bethesda
Plataforma de origem DOS
Primeiro lançamento Fallout 1 (1997)
Último lançamento Fallout 76 (2019)

Cquote1.png Você quis dizer: Wasteland 2 Cquote2.png
Google sobre Fallout
Cquote1.png A não ser que essa porra consiga fertilizar o deserto, prever o futuro e cagar malditos ovos de ouro, de jeito nenhum que eu vou pagar tudo isso por um robô Cquote2.png
Você sobre Não ter $100.000 para jogar fora comprar um robô guarda-costas que nunca foi testado em combate e só vai te acompanhar por 10 minutos

Fallout (em português Cai Fora) é um software de simulação de pós-apocalipse nuclear desenvolvido pela NASA para o treinamento de técnicas de sobrevivência e combate para os soldados americanos estarem preparados para agir depois de 2012, programa este que resultou numa aclamada série de jogos.

Os jogos de Fallout buscam ser o mais realista possíveis, mostrando cenários, personagens e eventos que obviamente você encontraria caso ainda estivesse vivo após centenas de bombas atômicas tivessem reduzido o mundo a um deserto radioativo sem atmosfera mais. E, apesar do enredo de se passar muitos anos no futuro, muitas vezes você pode se perguntar "mas, se isso é no futuro, então por que todos esses carros dos anos 50?". Muitas vezes pode parecer o auge da Guerra fria, mas isso é apenas um detalhe, já que o simulador foi criado em 1945, com base nas informações coletadas após os ataques realizados (com muito sucesso) à duas cidades japonesas.

Jogabilidade[editar]

Os primeiros jogos de Fallout traziam uma visão de cima (isométrica) controlando um boneco que fazia algo que pouco importa, porque ninguém jogou essas drogas antigas. A partir de Fallout 3 a jogabilidade mudou para uma espécie de The Elder Scrolls no futuro apocalíptico, afinal a Interplay, antiga produtora de Fallout, graças ao insucesso de seu jogo, para não falir vendeu Fallout para a Bethesda, que fez as suas modificações a partir do terceiro título.

Pip-Boy sendo utilizado para uma de suas tantas finalidades.

Os jogos de Fallout passaram a se caracterizar então como um RPG de ação no qual o jogador poderia alternar entre um jogo horrível de tiro em primeiro pessoa no qual não há precisão na jogabilidade e você irá desperdiçar munição a rodo, ou então ativar o VATS, o que pausa o jogo transformando-o num RPG das antigas, com ações executadas por turno sendo este aquele momento em que você erra quatro vezes seguidas tiros com chances de 95% de acerto antes de ficar de saco cheio e acertar de primeira um acerto crítico no saco do inimigo com 5% de chance de acerto. Enquanto perambula por esse mundo hostil, o protagonista sempre tem em seu pulso esquerdo o Pip-Boy, um enorme trambolho que visa dificultar a realizações de punhetas com a mão esquerda. Esse enorme relógio de pulso é uma tecnologia multi-uso criada pela Google para monitorar o seu usuário dando todas as informações necessárias.

O grande destaque dos jogos de Fallout, porém, é seu impressionante realismo o que torna o jogo altamente imersivo. Todos os humanos sobreviventes gozam de incrível inteligência e bons modos. Todos os diálogos presentes são repletos de frases como "então vai se fuder", "morre sua puta", "seus maricas", "me explica essa porra ", "vai pra puta que pariu!", entre outras...

Leia por exemplo, este diálogo entre o personagem principal e o prefeito de uma cidade[1]:

Prefeito: O quê? mas você ainda está aqui? eu já te falei onde os seus amigos foram, eles desceram na cratera, por que você ainda não foi lá atrás deles?
Player: Eu vim pra te perguntar, por que você não faz nada pra proteger seu povo contra os raiders[2]?
Prefeito: Não vem me encher, eu faço o quê eu preciso fazer!
Player: É, os raiders fazem a merda que eles quiserem enquanto você banca a putinha
Prefeito: Como assim? É graças a mim que estas pessoas ainda estão vivas, são minhas ações que as protegem!
Player: Você continua vivo enquanto as pessoas morrem. Gente igual a você me dá nojo!
Prefeito: Já chega, eu não converso com lixo. Tchau!
Player: Ta certo, foda-se você também!

Mais tarde após descer a tal cratera, você não encontra os seus amigos, e sim, o prefeito, acompanhado de um bando de capangas raiders e carregado de bombas, pronto para te matar![3]

Enredo[editar]

O enredo dos jogos de Fallout se passam sobretudo no Brasil de 2077, retratando com incrível fidelidade toda a desolação, pobreza, abandono, descaso, desleixo e negligência que mais de 2 séculos de república federativa baseada em propinocracia poderia resultar. Acredita-se que uma guerra nuclear entre os Estados Unidos e a União Soviética China devastou toda a face da Terra, extinguindo tanto as futilidades fabricadas na China quanto as futilidades propagadas nos Estados Unidos, afogando o mundo numa espiral de decadência onde favelas, leprosos, sadomasoquistas, anarcocapitalistas e outros seres da margem da ex-sociedade assumissem o controle do que restou do Brasil.

O mundo ficou uma maravilha, todo o solo terrestre virou um deserto e somente aqueles já acostumados a uma vida de privação e escassez sobreviveram, o que explica porque no Brasil ainda há diversos assentamentos. Os demais serem vivos sofreram mutações bizarras, todo lugar ficou infestado de mutantes, baratas gigantes, putas e poças d'água verde radioativas.

Além dos favelados que desde o nascimento sempre foram acostumados a beber água de privada e por isso sobreviveram, os únicos demais humanos sobreviventes foram os playboys e políticos, pessoas rigorosamente selecionadas através de um banco de dados nazista, estas que foram levadas para câmaras de proteção subterrânea, criadas por uma empresa do mal que lucra com a desgraça dos outros.

População do mundo pós-apocalipse[editar]

Humanos[editar]

A humanidade depende do cultivo desde tipo de gado.

A pior ameaça do mundo, estes subdividem-se entre playboys (os moradores do Vault), sadomasoquistas, anarcocapitalistas, putas, criminosos, mercenários, cientistas loucos, caras suados dentro de uma armadura, corintianos e pastores da universal. A sobrevivência da espécie humana depende principalmente da criação de gado (vacas de duas cabeças), da prostituição e da venda de bebidas alcoólicas (que existem, apesar do fato de que o deserto nuclear é totalmente infértil e impossível de se cultivar qualquer cevada).

As putas são a grande maioria da população humana, sendo de aproximadamente 98% da população feminina da Terra, e a maior atividade de geração de renda da humanidade. Elas são tão sacanas que nem exibem a cena de sexo que você paga uma fortuna para ter.

Já que não existe nenhuma autoridade, os únicos que combatem os criminosos são os mercenários que, cobram até o olho do cu para matar esses criminosos, em benefício da população alheia (um bando de bêbados inúteis que têm dinheiro para pagar os mercenários e as putas, sabe-se lá como).

Os cientistas, na maioria ainda dentro das câmaras de proteção antibombas, fazem experiências bizarras e pesquisa de armas de última geração. Alguns estão trabalhando em um projeto para recuperação de tecidos, danificados ou mutados pela radiação (e que os mutantes tentam roubar para se curar da infertilidade). Depois de várias cobaias mortas tentativas não sucedidas, eles foram capaz de até mesmo implantar um novo braço que foi destroçado pelo general mutante amputado em combate, de um soldado americano.

Mutantes[editar]

Os mutantes são uma forma evoluída dos mafagafos, que foram geneticamente modificados pela radiação. Em outras palavras, eles são monstros gigantes, feios, e nem um pouco inteligentes.

Os Super-Mutantes são aqueles mais comuns, e acredita-se que a transformação de um humano para esses seres ocorre quando você bebe o leite da vaca de duas cabeças, e aí fica estéril, então fica tão puto que vira o Hulk, mas pode reparar, apesar do tamanho dos músculos possuem um pênis tão pequeno que é imperceptível naquela tanguinha que usam. Como ele não têm a capacidade de se reproduzir, por serem brochas e todos machos, o que torna difícil com que eles aumentem seus números. Por isso, os Super Mutantes sequestram humanos e os transformam em escravos sexuais mutantes mergulhando-os em uma piscina d'água verde radioativa. Existem vários tipos de Super Mutantes, o normal que vem com um pedaço de pau com prego na ponta ou com um rifle de caça, também tem o Brute que pode vir com um martelo sinistro ou com um rifle de assalto. Mas sem dúvidas o mais sinistro de todos é o Behemoth, um Super Super Mutante gigante que estupra famílias e destrói cidades.

Há ainda os Nightkins são Super-Mutantes viciados em cheirar gatinhos especiais que os deixam invisíveis, assim deixando sua pele azul devido ao vício.

o inútil que só paga de fodão o Mestre dos Super Mutantes

Os mutantes são liderados pelo O Mestre, o chefão supremo dos mutantes que parece mais um resto bugado de aborto mergulhado em amoeba. Ele que faz os planos diabólicos para tentar dominar o mundo destruir todos os humanos e tomar controle de suas experiências genéticas. Ao descobrirem o projetos dos cientistas para a regeneração de tecidos mutados, ele quer curar a sua impotência sexual que nem viagra resolve.

Cquote1.png É só isso que vocês queriam? mas e a super arma de destruição que vocês estavam procurando? Cquote2.png
Player sobre planos diabólicos dos mutantes
Cquote1.png Fertilidade meu amigo, o poder para se reproduzir e continuar a espécie, tem arma mais poderosa que essa? Cquote2.png
General mutante Attis sobre citação acima

Mas no final das contas, a pesquisa não estava concluída, não era suficiente para recuperar a fertilidade dos mutantes. Ao invés disso, apenas faz o general Attis virar um mutante ainda mais feio, que depois explode e vira uma bolha gigante!.

Zumbis[editar]

Sim, há zumbis também! Se você é o tipo de pessoa que acredita que zumbis só existem por causa de um surto incontrolável de um vírus, ou por maldição à Sexta-Feira 13, você está completamente enganado, zumbis também são criados pela exposição contínua à radiação por pessoas mortas ou semi-mortas que então pegam lepra.

Zumbi radioativo, de terno e gravata, bigode, óculos e com uma 12 nas costas

Os Ghouls (um nome diferente para "zumbi" que só foi usado para que ninguém confundisse com os zumbis do Resident Evil, mas que no final das contas quer dizer a mesma merda) são uma espécie muito civilizada e com grande conhecimento tecnológico e bélico. os zumbis ghouls, dispõe de um arsenal muito variado, eles tem armas lasers, cachorros radioativos, granadas tóxicas, monstros gigantes que explodem, e qualquer outra coisa apelona que você possa imaginar que zumbis semi-mortos, apodrecendo, com os pedaços caindo, seriam capaz de desenvolver para aniquilar seus inimigos.

Robôs[editar]

Não se sabe como a bateria deles dura mais de 200 anos, e nem como suportam saraivadas de tiros caso sejam NPCs, talvez por serem robôs da Nokia. Existem mais de 8 mil incontáveis tipos diferentes de robôs espalhados pelo mundo. Quando as câmaras de proteção antibombas foram criadas, muitos robôs foram construídos com as mais variadas finalidades e todos foram feitos de modo a facilitar a vida dos humanos sobreviventes (mesmo sendo todos carregados com chumbo grosso e armados até os dentes).

Mas, com o tempo, as mais modernas tecnologias utilizadas nos robôs começaram a falhar e, 99,5% deles foram reprogramados no modo "destruir qualquer ser vivo", enquanto os outros 0,5% ficaram no modo "proteger os humanos". Ou seja, a cada 200 robôs presentes no jogo, 199 querem te matar, apesar do fato de terem sido construídos para facilitar a sua vida, enquanto 1 vai te proteger, levando uma ou duas balas dos outros robôs antes de explodir e virar um monte de metal retorcido.

Animais[editar]

O reino animal pós-apocalíptico é repleto de aberrações e criaturas bizarras que foram geneticamente modificadas pela radiação. entre os animais existentes, aqui estão os mais comuns:

  • Vacas de duas cabeças
  • Baratas gigantes
  • Escorpiões radioativos que lançam radiação pela calda.
  • Cachorros (sim, incrivelmente, existem cachorros completamente normais)
  • Baratas maiores ainda
  • Ratos radioativos
  • Lagartos que te engolem em uma só mordida
  • Cachorros com cabeça de cobra
  • Formigas que são maiores que um fusca
  • Moscas do tamanho de um urubu
  • Ghoul que querem te comer (literalmente)
  • Mais insetos radioativos
  • Deathclaws, umas coisas estupradoramente fortes que estupram casas e destroem famílias

Sem contar outros bichos grotescos que não é possível identifica-los. mas o importante saber é que todos eles (com exceção das vacas de duas cabeças) querem arrancar um pedaço de você!

Armamentos[editar]

Um simulador de combate futurístico precisava de armas, muitas armas, construídas pelos traficantes do Rio de Janeiro depois de anos de pesquisa e aperfeiçoamento pelos cientistas. Também é possivel criar suas próprias armas, a partir de componentes encontrados no deserto ou em construções abandonadas. Vide a seção fabricação caseira. A seguir, temos uma lista com algumas das armas que podem ser encontradas e/ou fabricadas:

  • Pistola de fabricação caseira.
  • Bastão de basebol com arame farpado.
  • Luvas de ferro.
  • Bereta (revolver 38).
  • Faca.
  • Rifle de assalto de fabricação caseira.
  • Rifle de caça.
  • Bomba de fabricação caseira.
  • Metralhadora de fabricação caseira.
  • Desert eagle.
  • Martelo gigante.
  • Sub-metralhadora.
  • Granada.
  • Sua mãe de fabricação caseira.
  • Dragunov de fabricação caseira.
  • Aquela Arma (sim, existe uma arma com esse nome)

E aqui estão as mais bizarras modernas armas de combate futurísticas: (acredite, todas as seguintes estão realmente presentes)

  • Pistola laser de fabricação caseira.
  • Rifle laser de fabricação caseira.
  • Grandada de radiação tóxica.
  • Luvas eletrificadas.
  • Martelo gigante eletrificado.
  • Bazuca de fabricação caseira.
  • Canhão de laser contínuo.
  • Metralhadora giratória
  • Granada de plasma.
  • Rocket Launcher.
  • Canhão de plasma.
  • Mini Bomba atômica (ou, granada de mão nuclear).
  • vibrador nuclear com porra de plasma

Religião[editar]

Existem alguns grupos religiosos em Fallout

Brotherhood of Steel[editar]

A Irmandade de Aço é uma organização tecno-religiosa que foi criada antes da Grande Guerra entre os militares Americanos. É formada quase totalmente por humanos, descendentes dos militares, mas também há alguns zumbis que se juntaram à irmandade para ser traíras e matar seus companheiros zumbis. Cquote1.png Você traiu o movimento zumbi, véio! Cquote2.png
Dado Dolabela sobre membros zumbis da irmandade

A irmandade possuí muitos guerreiros e paladinos que, se julgam melhores que os outros e pagam de fodões protegendo umas miseras pessoas, enquanto matam ou deixam morrer centenas de outras, e se acham os heróis fingindo que estão trabalhando para salvar a humanidade, mas no fundo, são um bando de mercenários que matam as aberrações por prazer e pra ganhar cerveja gratis e desconto das putas. No primeiro jogo, pra você entrar na Irmandade, eles te mandam pra um buraco radioativo na esperança que você morra pra buscar uma fita de um soldado que morreu lá.

NOTA: Alguns personagens jogáveis são membros da irmandade de aço.

Followers of the Apocalypse[editar]

Os Seguidores do Apocalipse são um grupo de emos que querem fazer do mundo um lugar melhor, espalhando mensagens de bondade e amor.

O grupo existe desde 2061, antes do mundo virar bosta da grande guerra, Foi criado por uma mulher que queria espalhar conhecimentos médicos, agricultura, plantinhas, glitter, purpurina, e todas as coisinhas lindas e fofinhas da fofosfera.

A sua base era a biblioteca de Los Angeles, até que um membro da irmandade de aço que ficou com dó dos emos os ajudou a tomar conta do cemitério de Los Angeles, onde eles começaram a sua nova base, deixando de ser emos para se tornar góticos (oque explica o símbolo da igreja).

Há dois possíveis finais para os Seguidores do Apocalipse, ou eles são aniquilados pelos mutantes católicos que invadem o cemitério, ou não. Mas ninguém sabe qual é a outra possibilidade, porque este final apresenta uma java.lang.NullPointerException e ninguém nunca conseguiu vê-lo, por isso, todos assumem que os emos/góticos simplesmente viraram purpurina.

Children of the Cathedral[editar]

Os Filhos da Catedral, são oque sobrou dos católicos após o apocalipse.

Eles veneram o deus das trevas (que na verdade é o mestre mutante que usa o culto para esconder os seus planos diabólicos de dominação mundial) que aguarda nas trevas, guiando os seus seguidores para uma nova era de paz e união[4]. Para os membros do culto, o apocalipse foi a melhor coisa que já aconteceu, e a "chama sagrada invocada pela ganância humana, corrupção e egoísmo, é uma chance para o recomeço".

Depois que o personagem principal destroiu o mestre mutante (deus das trevas) os seus seguidores abandonaram o culto, já que o deus deles estava morto mesmo.

The Church of Lost[editar]

A Igreja dos Perdidos é uma seita satânica de adoração ao dêmo formadas por ghouls da cidade de Los[5].

Todos os seus membros são ex-humanos que viviam numa câmara de proteção, que foi construída para abrigar todos os funcionários importantes da empresa do mal, até que um certo dia, um cara chamado Blake começou uma briga entre os engenheiros e os cientistas porque alguém bebeu toda a Coca-Cola e deixou a garrafa vazia na geladeira por se oporem as experiências geneticas relizadas. Houve uma grande Guerra Civil dentro da camara, que acabou em uma grande explosão que prendeu todos os cientistas no subsolo, e transformou todos os engenheiros em zumbis, que saíram da câmara e foram habitar a cidade do lado de fora.

Blake, agora um zumbi radioativo gigante, começou a Igreja dos Perdidos, com o único propósito de proteger a entrada da câmara porque lá estão todos os dvds de filme pornô segredos de pesquisa de armas e experiências genéticas que podem destroir o mundo (como se ele ja não estivesse uma bosta suficiente).

Mas no fim das contas, a Blake e seu culto falham duplamente, primeiro, porque ele é morto por um membro da irmandade que rouba a chave da entrada da câmara e porque depois que os mutantes invadiram a câmara atrás da pesquisa genética, o mesmo membro da irmandade explodiu todo o complexo subterrânio, destruindo a bolha mutante gigante e toda a pesquisa científica.

Enclave[editar]

É o novo (e fodastico) FBI, usam roupas movidas a energia nuclear e também usam um capaçete que parece mais uma cabeça de coruja. Adoram matar todo mundo mercenários,maconheiros de jet, os putinhos dos Khans e os bibas da Legião de Cesar, e Deathclaws idiotas que os confundem com os putos da NCR. Por falar em Deathclaws, a Enclave adora brincar de pokémon com os Deathclaws, colocando coleiras de cachorrinho de madame aparelhos que mudam sua mente em sua cabeça Suas armas preferidas são as de energia, porque adoram ver mercenarios virarem pó.Também gostam de voar com seus Vertbirds (um besouro misturado com um V22 osprey) e atirar com a Gatling Gun em pessoas inocentes (igual a soldados no Iraque).

New California Republic[editar]

Mais conhecido como NCR ou Rangers gays, vivem brigando com os bibas da Legião de biba César. Se auto entitulam os salvadores da merda da pátria americana (que praticamente esta uma merda) e proteger os idefesos do mal e dos supermutantes e deathclaws. Eles tem controle de Hoover Dam, que funciona a base de lenha muito pouco já que o mundo virou um deserto radioativo com gente querendo comer seu cu te matar toda hora. Se você quiser, você pode matar o presidente gay dessa facção com um tiro na cabeça, pra mostrar quem é que manda nessa porra que você é badass mesmo ao estilo Mad Max.

Cquote1.png Patrolling the mojave almost makes you wish for a nuclear winter. Cquote2.png
Todos os figurantes da NCR sobre você


Caesar's Legion[editar]

São um monte de bixas que escravizam gente e nunca comem mulher liderados por um emo revoltado com a vida e os miguxos do Orkut que decidiu criar um grupo de gente que usam saias e tecnologias de 10 milhões de anos atrás. São inimigos Mortais da NCR, são cowboys brigando contra romanos (igual naquele filme, "Uma Noite no Museu") Eles também tem espiões pra todo lugar, mesmo se você explodir o the Fort (base deles), matar o líder deles e aniquilar tudo, ainda vão ter membros da Legião espalhados por New Vegas.

Cidades[editar]

Fallout tem várias cidades que são praticamente buracos radioativos com um monte de mercenários querendo te roubar.

New Reno[editar]

Essa cidade é tão pequena que parece até o seu pau um bairro de uma cidade normal. Isso se dá pois essa crackolândia cheio de viciados em Jet é o que sobrou da cidade de Reno (O RLY?), uma cidade que é minúscula. Essa cidade é cheio de viciados em jet, prostitutas e cafetões, mafiosos e cassinos. Se você quiser, você pode virar um mafioso badass, um ator pornô ou um viciado em jet nessa cidade.

Cquote1.png Pra que andar, quando você pode voar? Cquote2.png
Maconheiro sobre todo mundo que vai nessa cidade

Shady Sands[editar]

Shady Sands é um lugar com um monte de areia empilhada que formam de algum jeito abrigos uma cidade bem bosta cujo o líder é nada mais nada menos que o idiota gênio que fundou a NCR. A cidade em si é provavelmente a primeira cidade que o jogador visita, e também a mais inútil. Você só vai lá pra matar escorpião, roubar gente e comprar cordas (que são o itens mais importantes e úteis do primeiro jogo).

Megaton[editar]

Megaton é uma cidade construída em cima de uma bomba nuclear nunca ativada. Pois sim, definitivamente a melhor idéia do mundo é construir um conjunto de casinhas e chamar de cidade, com pessoas morando em cima de um negócio que pode devastar uma cidade inteira. Se você odeia essa cidade e acha que o prefeito dela é um cuzão por ter construido essa cidade em cima de uma bomba nuclear, você pode ativar a mesma com a ajuda de um cara chamado Mr. Burke, que te dá 1000 caps (dinheiro no jogo) e a porra de uma suíte nos últimos andares de uma torre de luxo (do jeito pós-apocalíptico, é claro), que é bem melhor que ganhar uma barraca em Megaton e 100 caps (que é o que você ganha se ajudar a cidade desativando de vez a bomba)

New Vegas[editar]

New Vegas é o que sobrou de Las Vegas, a cidade consiste apenas em alguns guardinhas da NCR, mais cassinos do que pessoas que comeram sua mãe, alguns carinhas aleatórios querendo te matar com um pedaço de cano ou na porrada mesmo, o Mr. House e seus Securitrons. Se você fizer qualquer merda lá, vai vir um exército de Securitrons (robôs militares equipados com metralhadoras, granadas e lasers) ou de membros da gangue The Kings (um monte de emos revoltados usando jaquetas pretas se achando badasses equipados quase sempre com uma pistolinha de 9mm ou uma arma melee.

Referências

  1. Retirado da versão de PlayStation 2 de Fallout: Brotherhood of Steel
  2. Uma gangue de assassinos/ladrões/sequestradores liderados por uma gostosa
  3. Não falei que era cilada bino???
  4. Já que vão estar todos descansando em paz e no mesmo cemitério.
  5. Um buraco radioativo que só tem zumbi, rato e barata
v d e h
HD Fallout Logo .png