John Surtees

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

John Surtees foi um piloto britânico superestimado que deu muita sorte em sua carreira, um fanático que correu tanto de MotoGP como de Formula 1. Entrou para a história por ter sido a única pessoa do mundo até hoje a conseguir vencer 4 campeonatos de MotoGP e 1 de F1 todos na cagada sem nenhum merecimento, provando que nas décadas de 1950/60 ninguém precisava ser especialista ou talentoso para ser campeão no automobilismo, bastava ser muito vida loka (como se denomina hoje em dia pessoas que não tem medo da morte).

Carreira no motociclismo[editar]

Aos 18 anos de idade começava sua carreira indo competir na MotoGP de 1952 ao assinar contrato com a empresa do tio do pai, a Norton, uma espécie de "Minardi" das corridas de moto da época, o que rendeu a Surtees apenas os já esperados resultados pífios entre os anos de 1952 e 1955 época em que competiu por essas motos que só ficavam a frente das motonetas da Honda que já existiam naquela época para infernizar.

Tudo mudou quando Surtess, decidido a ser campeão, traiu a própria família e em 1956 mudou-se para a equipe MV Agusta. Foi uma aposta acertada, porque foi ali que conquistou o primeiro título cagado de sua carreira. A conquista só foi possível porque o favorito ao título, o Geoff Duke, foi punido com 6 meses de suspensão porque foi flagrado comendo a filha do dono da FIM, e sem rivais, Surtees se deu bem e levou seu primeiro caneco.

Surtees tomou gosto por esse negócio de ser campeão mundial na cagada, e manteve a tradição vencendo mais três títulos de moto na cagada, ao beneficiar-se que as equipes favoritas Gilera e Moto Guzzi se retiraram do campeonato, deixando o caminho livre para Surtees e sua MV Augusta ganhar 32 das 39 corridas entre 1958 e 1960. Quando equipes novas e boas chegaram em 1961, ao perceber que não ganharia mais aquele campeonato, aposentou-se da MotoGP.

Carreira na Formula 1[editar]

Em 1960 deixou as corridas de motos para ir estrear na Formula 1, escolhendo assinar contrato com a Team Lotus, onde obviamente teve o desempenho pífio esperado de um piloto de moto que vem pra F1 achando que vai fazer grandes coisas. Nos anos seguintes de 61 e 62 teve que se contentar em dirigir pedaços de sucata das equipes Yeoman Credit Racing e Reg Parnell respectivamente, pois na época as regras da FIA eram muitos flexíveis e carros feitos de papelão com ferro retorcido e durepox podiam competir.

Mas então foi contratado pela Ferrari! Que estava em baixa na época, mas bastou ter essa chance que Surtees não decepcionou e tornou-se o terceiro campeão mundial de Formula 1 na cagada (depois de Mike Hawthorn e Phil Hill já terem feito isso) quando em 1964 foi campeão mundial vencendo só duas míseras corridas. Esse título cagado só foi possível porque Graham Hill foi únido com a perda de 2 pontos por não ter aparado o bigode adequadamente, e Jim Clark desclassificado de uma corrida por ter matado Wolfgang von Trips alguns anos antes.

Em final de carreira na Formula 1, Surtees passa a dirigir o carro de uma equipe com o próprio nome, que inovava ao usar motores de cortador de grama. Por isso só ficava em último, mas como já estava velho, sua intenção era só passear mesmo.

Quando a Ferrari percebeu que estava voltando a ser competitiva, demitiu Surtees e contratou gente melhor, aí Surtees foi para a Honda, e aí você já sabe, a Honda desde sempre foi cemitério de pilotos, então foi declínio total na carreira de Surtees, ele inclusive quase morreu em 1965 num acidente em Ontario.

No final da carreira, em 1970, quando nenhuma outra equipe queria mais ele, Surtees criou a Team Surtees, primeira equipe de Formula 1 com motor de cortador de grama adaptado a um chassi de minibug, mas aí competir nessa carroça de metal era como correr na Caterham, só ficava em último, e assim teve o desfecho melancólico de sua carreira.

Schumacher dick vigarista.jpg
Buildphotoims4vd.jpg
v d e h
Pilotos da Fórmula 1