Lydia (Skyrim)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Não aguenta a visão de uma forte mulher nórdica?

Lydia é o burro de carga predileto do Último Dragonborn, em The Elder Scrolls V: Skyrim e uma das principais waifus do jogo.

Não possui o charme da aventureira Mjoll the Lioness, nem o alto poder de fogo e capacidade de explodir os inimigos, o cenário e o próprio jogador do mago negro mercenário Marcurio.

Suas únicas funções são pisar em armadilhas pra ursos, em fios que fazem cair rochas gigantes, em placas de pressão que fazem aquelas portas de espinhos baterem em você, alertar os inimigos de sua presença e trancar as passagens e não deixar você passar, neste quesito sendo uma das melhores, perdendo apenas para aquele mutante gigante de Fallout 3. Por isso é comum os jogadores mandarem aquele FUS RO DAH! carregado ao máximo para liberar o caminho.

Acidentalmente deu um soco num pedestre inocente? Lydia vai matá-lo! Vai soltar aquela magia poderosa que consome metade de sua mana? Lydia vai entrar na frente! Coletou toneladas de ossos e escamas de dragão? Aí sim Lydia terá sua utilidade.

História[editar]

Lydia nasceu em Whiterun mesmo, ou pelo menos foi programada para nascer lá.

Na infância, cometia pequenos delitos para sobreviver, como roubar pinga para o mendigo Brenuin encher a cara e apostar o toba em partidas de truco contra Jon Battleborn.

Na adolescência, passou por um período entre os Companions, mas por não ser especialista em porra nenhuma, não podendo oferecer treinamento, foi expulsa da organização criminosa. Eles não precisavam de alguém para carregar seus equipamentos, já que a maioria leva consigo apenas uma espada de ferro ou um arco de madeira que não pesam nada.

Para sobreviver, passou a carregar bandejas com copos na Bannered Mane, até que seu talento foi reconhecido por Balgruuf, que a convocou para ser escrava do próximo barão da cidade. Não podendo negar a oportunidade de ser servente de pedreiro para algum ricaço, carregando seus equipamentos nas costas, Lydia aceitou, e assim se tornou a acompanhante oficial do Dragonborn, ou seja, você, que não paga nada e mesmo assim está acompanhado de uma mina que faz qualquer coisa que você deseje.

Equipamento[editar]

Lydia não possui a avançada habilidade ninja de enxergar barras na cabeça das pessoas que dizem quem elas são.

Lydia possui apenas uma espada de ferro no inventário, além de uma armadura de ferro que não aparece mas está lá. É teu dever comprar alguma arma e armadura que prestem para ela, por isso não seja pão duro, desembolse algum dinheiro para ter alguém útil ao teu lado.

Assim como qualquer bom nórdico bebedor de hidromel, Lydia abomina a magia, achando que isto é coisa de boiola frango sem músculos. Ela prefere botar apenas armaduras pesadas e armas de duas mãos, assim ela pode entrar pela porta da frente nos esconderijos de ladrões, levar um monte de flechas no cu, matar todo mundo no balanço de sua espada e sair de lá viva, mas não necessariamente inteira. Ela faz o simples e fácil.

Estratégia[editar]

Se for um mago, não ande com Lydia, você provavelmente vai acabar matando ela sem querer, quando for mandar uma bola de fogo dupla nos esqueletos.

Se for um ladrão, não ande com Lydia, pois ela vai cagar com o seu esquema de furtividade, alertando os inimigos com o barulho de sua armadura de 200 quilos, pisando em todas as armadilhas.

Apesar de atacar bem, dependendo da arma que você dá pra ela, prefira usar Lydia como um tank, deixando ela apanhar enquanto você fica atrás mandando flecha na galera ou conjurando alguma coisa. Lydia dificilmente será morta pelos inimigos, a maior ameaça pra ela é você mesmo, que conjura feitiços de destruição no desespero e acaba fazendo friend fire.

v d e h
Skyrim logo.png