Paçoca

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Lula bebado new york times maio2004.jpg Artigo ƒem imagenƒ é um porre, companhêro!!!
Eƒte artigo poƒƒui poucaƒ ou nenhuma imagem o iluƒtrando. Por favor conƒidere adiƒionar novaƒ imagenƒ para deixá-lo maiƒ intereƒƒante. Porque nunca anteƒ na Hiƒtória deƒta Deƒciclopédia foram adiƒionadaƒ tantaƒ imagenƒ...

A paçoca, do tupi po-çoc, "esmigalhar", do latim uruguayo: pai soca, "ato comum de incesto" é um doce tradicional caipiro-brasileiro-paulista feito à base de tijolo mole e farelento, a paçoca foi criada por um chefe tribal, chamado Araxinhoca, que em tupi, significa "chupador de mandioca". Consiste numa mistura de mandioca, farofa e sêmem.

Também é usado em rituais bizarros para um deus indígena do mal, chamado Shirinhá.

Origem[editar]

Considerada a 4ª maravilha mundial seguido de perto apenas pelo chocolate, bacon e peitinhos, não se sabe o verdadeiro motivo do que levou o Araxinhoca a criar essa merda de alimento para comer. Segundo as lendas indígenas, Araxinhoca criou num ritual em que o objetivo era socar o "pau", ou a pá (de madeira) em um buraco grande de com mandioca e farofa, mas o ritual deixou os deuses excitados, tanto que choveu coisa que até Deus duvida, o que deu "sustânça" aos farelos de mandioca e de farofa, formando assim a paçoca.

Cquote1.png O gozar dos deuses, nos deu uma boa comida Cquote2.png

Porém, atualmente, por este mesmo motivo a paçoca é considerada ilegal.

Cquote1.png Ilegal é o caralho!! Cquote2.png
Alguém sobre comentário acima

Proibição[editar]

Após muitas pesquisas, foi-se descoberta a verdadeira composição "paçocal". O resultado não agradou muito. Ilegalização na hora!! Além de que, segundo testes, verificaram que a paçoca também é um afrodisíaco para algumas pessoas, isto é, aumenta o apetite sexual. Mas no caso da paçoca, a forte atração pelos parentes. Mais um motivo para a ilegalização. A paçoca causa também muitos outros efeitos, todos diferentes de pessoa para pessoa. Atualmente, os paçoqueiros assumidos sofrem enorme discriminação principalmente pela alta sociedade. Hoje em dia, ela é vendida por traficantes em qualquer cantina, mercado e até mesmo em escolas a preços muito baratos, chegando a, no máximo, R$ 0,40. É um dos produtos ilegais mais acessíveis para a população, perdendo apenas para a maconha e para os gatinhos cheirosos. Porém, os mini-mercados tornaram-se grandes distribuidores, continuando abertos e vendendo essa merda até o fim dos tempos (ou não).

Ingredientes[editar]

Apesar de simples, barata e acessível, a paçoca moderna é constituída por uma série de ingredientes. Segue a lista abaixo:

  • Tijolo molhado
  • Farelo de tijolo
  • Farinha de rosca queimada
  • Diesel
  • Esperma
  • Mosquito barbeiro
  • Amendoins transgênicos (40%)
  • Pasta base
  • 10 gramas de crack

Sintomas[editar]

Para saber se filho come paçoca, é preciso que ele apresente pelo menos 3 dos sintomas abaixo. Segue:

  • Farelos por todos os lados
  • Olhos avermelhados por causa dos farelos
  • Roupas com farelos
  • Lentidão
  • Farelos por todos os lados
  • Farelos nas mucosas nasais
  • Farelos nas mucosas anais e vaginais
  • Cuspir farelos enquanto fala
  • Farelos por todos os lados
  • Incapacidade de falar palavras com a letra "f"
  • Histórico do navegador com muitos vídeos do Monark e Venom Extreme (o que pode também levar a crer que seu filho é gay)
  • Hipersensibilidade a arroz
  • Hipersensibilidade a lentidão
  • Hipersensibilidade ao Sebastião.