Plano Cruzado

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sarneyzabra.jpg Marrapá!

Aí, rapá, esse negóss foi feito pur um maraiênsi, coisa! Si tu ixtragá issaí, arrenti vai chamá Jusé Sarney pa ti prendê, qualhira!


Placa80.svg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 80's!
Provavelmente ele se refere a coisas daquela época, tais como Atari 2600, Balão Mágico e Plano Cruzado.

Cquote1.png Você quis dizer: Pés Cruzados Cquote2.png
Google sobre Plano Cruzado

60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Plano Cruzado.

Cquote1.png Tem que dar certo. Cquote2.png
José Sarney sobre o Plano Cruzado
Cquote1.png Tem que dar certo. Cquote2.png
Você sobre o Plano Cruzado
Cquote1.png Lá vem mais um... Cquote2.png
Brasileiro sobre o Plano Cruzado
Cquote1.png ohhhhhhhhhhhhhhhhhhhh que coisa boa foi esse plano!!!!!!!!!! Foi genial!!!!!! Muitas dividas se Funaro finaram!!!!!... com a desjericação desjurificação da economia. Cquote2.png
Retardado sobre sobre Plano Cruzado

Plano Cruzado no Estadão.

O Plano CÚzado foi uma merda lançada pelo ex-presidente José Sarney (mais uma entre as infinitas que já fez!), que ganhou este nome pelo efeito que teve sobre a economia nacional, comparavel ao golpe de boxe homônimo. O plano mudou a moeda do Brasil de Cruzeiro para o Cruzado e posteriormente para o Cruzado Novo. Plano basicamente aumentou os preços, congelou os salários e criou um monte de pobres.

O plano cortou quinze zeros dos valores do dinheiro, porque não estava mais cabendo nas calculadoras, nem nos sistemas precários de computador da época, nem nas etiquetas de preço dos supermercados. Para facilitar alguns comerciantes até já adotavam a notação científica em suas etiquetas de preço e catálogos. Se você fugiu da escola, a tal notação científica é aquele 10³ da vida.

Nos primeiros meses do plano a inflação caiu de 775.000% para 11.875% ao mês, o que já era uma grande coisa para a época. Para fazer propanda do seu feito, o Sarney mandou distribuir milhares de bottons com o texto "Eu sou fiscal do Sarney", não é que os milhões de tolos brasileiros caíram nesta e passaram a circular a esmo verificando se os preços estavam congelaumentados mesmo; teve gente que até saiu no Jornal Nacional exercendo o seu pretenso direito. Entre esses idiotas, o Sarney escolheu o Omar Marczinsky para ser o protótipo desta forma de vida, dando-lhe até uma sinecura ocupação no seu desgoverno, e no desgoverno do Collor o Omar virou Superintendente da Superintendência Nacional do Abastecimento, uma tal de SUNAB, foi um fracasso, tornando-a desconhecida para a posteridade. Depois desses dois momentos de fama, Marczynski começou a perder dinheiro ao disputar as eleições para vereador em Curitiba em 1992. Teve apenas 213 votos. A sua pequena fábrica de confecções no centro de Curitiba fechou afundada em dívidas, sobrou ao Omar virar sacoleiro e visitar lojas pelo interior do Paraná e de Santa Catarina vendendo roupas em sacolas. Provavelmente, ainda dotado de ingênua cidadania, o Omar faleceu fudido em Manaus em 2007.

A grande sacada do Sarney, o Plano Cruzado de esquerda no queixo dos brasileiros, funcionava assim: as empresas mudavam o nome do produto para um parecido e aumentavam o preço - valia até para remédio, por exemplo, Aerolin virou Airline -, mas, os salários continuavam os mesmos, desta forma a inflação era sempre zero. O Sarney também conseguiu zerar o déficit do INSS usando o mesmo princípio.

Logo, logo a euforia virou uma decepção profunda uma vez que se descobriu que a guerra deflagrada contra a inflação era apenas um blefe do homem dos Marimbondos de Fogo que subiu a rampa no lugar de Tancredo Neves. E, assim, em pouco tempo a inflação voltou a subir (sem ninguém saber o porque) e o plano foi por água abaixo, e centenas de zeros foram adicionados aos algarismos das notas do dinheiro. No final, a única coisa que deu certo no governo de José Sarney foi ele ficar dono de todo o Maranhão.

Autores[editar]

Além do coronel presidente vindo do Maranhão, outros idiotas políticos meteram a mão no plano, criando esse monstro.

Medidas iniciais[editar]

Eu sou fiscal do Sarney, e você?

O objetivo principal do plano foi a contenção da inflação e do aumento de emos.

As principais medidas foram:

  • Substituição do goleiro da Seleção Brasileira. Saía Emerson Leão (que não fez porra nenhuma na copa e continua não fazendo hoje em dia) e entrava Taffarel.
  • Suspensão da maconha generalizada.
  • Indicação do Capitão Nascimento para o BOPE;
  • O congelamento de paus pelo prazo de um ano, isto é, ninguém poderia comer ninguém.
  • Antecipação dos reajustes de franjas;
  • Instituição dos "fiscais do Sarney", que controlavam os preços e as franjas dos emos;
  • Venda de letras do tesouro nacional. A primeira a ser vendida foi a letra W, que era pouco utilizada. O maior erro do plano foi seguir a ordem alfabética: quando chegaram na letra Z, de Zebra, o plano fracassou.
  • Implantação da venda de ranho por consórcio.

Resultado[editar]

O Plano Cruzado fracassou, e dele resultaram muitas mortes de emos e funkeiros, que inicialmente não tinham nada a ver com a história.

Veja também[editar]

Tem um Administrador Malvado de olho nesse artigo!.
É bom você editá-lo o mais rapido possivel!!!