The Elder Scrolls

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg The Elder Scrolls é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, o Leon esta comprando uma Chicago Typewriter do Merchant.


Os Pergaminhos Mais Velhos
The Elder Scrolls cover.jpg
Arte conceitual da série
Gênero RPG com bug
Desenvolvedor Bethesda
Publicador Bethesda
Plataforma de origem MS-DOS
Primeiro lançamento The Elder Scrolls: Arena (1994)
Último lançamento The Elder Scrolls VI (2100)

Cquote1.png Então é aí que surgiram essas porcarias de jogos sobre The Elder Scrolls? Cquote2.png
Você sobre The Elder Scrolls

A gostosona do jogo, sonho erótico dos nerds punheteiros (e um bom motivo para jogar).

The Elder Scrolls é uma série de jogos RPG desenvolvida pela Bethesda Games Studios, uns bando de vagabundos sem nada a fazer. É abreviada frequentemente por TES ou de PQP. Também é conhecido por noobs como "Aquele Jogo Que Tem Um Mapa Grande Pra Caralho", até porque tem um mapa grande pra caralho e você é livre para fazer qualquer coisa.

Sobre The Elder Scrolls[editar]

Os cinco principais jogos da série The Elder Scrolls, Arena, Daggerfall, Morrowind, Oblivion e Skyrim são conhecidos pela sua jogabilidade muito versátil, tendo o jogador liberdade total de fazer o que quer com a sua personagem no jogo inclusive andar a cavalho em superfícies perpendiculares ao chão, como montanhas ou paredes, com um fim aberto. O ambiente dos jogos é enorme, embora quase todos os monstros sejam geléias ou ogros gigantescos, tipico existente nas metades das sem idéias dos RPGs. The Elder Scrolls também conta com a diversidade e burrice dos NPC's, que por sua vez são mais espertos do que você, mas nada grandioso também, pois até mesmo em Skyrim estes apresentam grandes defeitos devido à sua "alta inteligência artificial" Burra e grandiosa.

Sua lista[editar]

Além destes jogos, foram adicionados outros que, não sendo RPG's para computador, têm o mesmo universo do jogo:

v d e h
ElderScrolls Logo.png