Vampiro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Vampiros)
Ir para: navegação, pesquisa
Nadia comaneci.jpg ESTE ARTIGO VEIO DA ROMÊNIA!

No topo de todas suas aldeias há um castelo mal-assombrado pelo Drácula, seus habitantes sabem fazer ginástica e comem pizza de cérebro de porco.

Se vandalizar, um vampiro vai te morder!

Night creature.JPG Vampiro surgiu das trevas!!

Always lurking... Always in the darkness...

Puro osso.gif
60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Vampiro.
O primeiro.
Descitacoeslogo2.png
O Descitações possui citações de/sobre Vampiro.
Drácula em tempos difíceis.

Um vampiro é uma criatura celestial albina e que chupa sangue.

Mas... Será que eles existem?[editar]

Existem muitas explicações para a existência dos vampiros. A primeira delas diz que numa bela tarde no Egito a Faraó Akasha foi vitimada por uma revolução e gravemente ferida (dizem que pes mãos dos mesmos camponeses que fundaram o Partido Comunista séculos mais tarde) e um Espirito megalomaníaco 'possuiu', num ritual cheio de dor e sangue e poses para os heirógrifos, a tal faraó que passou a se alimentar de sangue pela 'predileção' do tal espírito.

Principal atividade de um vampiro.

Eles existem! E eu sou um deles! A segunda teoria diz que uma cientista também megalomaníaca, numa onda eufórica de criação, olhou para o espelho e viu Deus, dai saiu por ai criando diversas criaturas bizarras dentre elas o Vampiro que seria resultado da combinação dos genes do Morcego hematófilo com os de um Galã (famoso e que aceita empregos que não pagam bem), resultando em uma criatura com dupla tendência vampírica.

A terceira diz que o vampiro é na verdade uma raça derivada do morcego, um morcego super-desenvolvido, que adquiriu forma de humano para atacar a presa e alimentar-se de seu sangue mais facilmente.

A quarta, diz que em um pequeno puteiro no Sul da Ìndia, uma mulher grávida de gêmeos havia bebido sangue de um de seus morcegos de estimação(por recomendação médica), e alguns meses depois, seus filhos nasceram, mas um deles estava morto com marcas de mordida em seu pescoço e o outro filho nasceu com dentes caninos afiados e com a boca ensanguentada.

Uma outra linha de pensamentos diz que os vampiros são descendentes de Caim, o primeiro fêla-da-puta da história. Que fodeu a porra toda quando matou seu irmão, o que fez com que Deus o colocasse de castigo por toda eternidade.

Mas cientistas recentemente descobriram que a origem dos vampiros é um vírus mutante que um filho da puta contraiu durante a Guerra do Peloponeso na Grécia Antiga. Esse vírus foi contraído por um soldado espartano que era pálido igual um fantasma e que literalmente bebia o sangue de seus inimigos e que não morria de jeito nenhum em batalha. Segundo esse vampiro ele adquiriu seus poderes depois que tentou invadir o Olimpo para roubar um objeto mágico e que os deuses gregos ficaram putos com ele e literalmente o jogaram uma pedra brilhante esquisita nele (um meteoro). Ele ficou todo fudido e ensanguentado e que só lembra de ser jogado num tanque vermelho num laboratório de uma deusa grega. E que depois fugiu de uma ilha entre o Egito e a Grécia. Mas antes teve uma noite quente com a Rainha do Egito.

Já de acordo com um vampiro que vive em São Paulo a origem dos vampiros aconteceu quando Jesus Cristo disse: Quem comer a minha carne e beber o meu sangue tem a vida eterna, isto atiçou o ódio de Lúcifer para bolar um plano malévico contra Jesus e, tentou Maria Madalena a cravar seus caninos no pescoço do Filho de Deus. Nascendo a primeira vampira da humanidade. Depois de Maria Madalena, muitos outros também resolveram cravar seus dentes na jugular de Jesus, principlamente as criançinhas nas quais ele tanto gostava.

Além destas existe uma história não muito divulgada que explica que os vampiros não existem realmente, eles são fruto de sucessivos delírios coletivos das classes baixas da Romênia que não tinham dinheiro para a Vodka então produziam uma bebida estranhamente amarronzada e alucinógena, que tinha dentre seus efeitos: a perda inexplicável de sangue, hematomas na região do pescoço, susceptibilidade a obedecer ordens. E se ingerida em grandes quantidades dava ao usuário a sensação de poderes paranormais, fala hipnótica, sensação de ser irresistível, os feios ficavam bonitos, os bonitos se comiam frente a espelhos e eventualmente tendências a megalomania. Estudos na área desta corrente de pensamento provam que essa 'bebida' causou a Grande Peste Negra, a Segunda Guerra Mundial e o ataque às Duas Torres (Saruman se fodeu!) e que hoje foi sintetizada e é vendida como adesivos nas festas Rave.

Seja qual for a origem destes tão antigos seres da noite a utilidade de um vampiro nunca foi provada e na verdade é necessário um estudo mais a fundo nessa área para desmitificar o fato de que estes tão misteriosos e eróticos Mestres das Trevas só servem pra você explicar para sua mãe o fato de ter um puta chupão no seu pescoço ou o fato de você dormir o dia todo e passar a noite fora de casa (outro verbete que explicaria isso seria: Profissão de risco) além é claro de ser uma ótima autoexplicação do Porque de você ter (dado para) ficado com aquele cara ontem na balada, é obvio que ele era um Vampiro, aquele olhar, o jeito como ele estava em todos os lugares ao mesmo tempo, o modo como ele fazia... Wou!

Características dos Vampiros[editar]

Vampiro de classe baixa após refeição.

Os Vampiros são criaturas noturnas, ex-seres humanos que por meio de uma transformação da química do cérebro passaram a ter hábitos noturnos, se alimentar de sangue,mania de perseguição, não tolerância a exposição ao sol e indisposição estomacal a ingestão de alho (se bem que nem todos). Todos os vampiros são Sociopatas, alguns são Psicopatas. Todos eles invariavelmente tem a pele de um recém chegado do Pais dos Pés juntos, unhas extremamente bem feitas, cabelos perfeitos, usam roupas de estilistas famosos (exceto aqueles que estão no Partido Comunista) e perfumes de fragrância marcante.

Já no Brasil, os vampiros de conhecimento popular foram renomeados e atendem pelo alcunha de Políticos e andam disseminando a sua peculiar "Vampiragem" por aqui desde meados de 1500, sugando todos deste país.

Os únicos vampiros famosos no Brasil só são famosos por que venderam sua dignidade a respeitosas redes de televisão a troca de sangue vitalício, que eles conseguem em rituais que envolvem a Xuxa, aquela cria sinistra resultado do cruzamento do Silvio Santos com o Raul Gil, a Maisa, ou ligando para ganhar um playstation do Yudi e da Priscila. Aperte F13 e veja a imagem de um vampiro muito conhecido em 3D.

Vampiros no mundo otaku[editar]

no mundo otaku, dos animes e mangás os vampiros também estão presentes, de tanto que existe até um colégio para eles, em Vampire Knight

Como os Vampiros Caçam[editar]

A Citação "Se correr o bicho Pega e se Ficar o Bicho Come, Stephen!" foi criada depois que filósofos assistiram a um Vampiro caçando. Primeiro ele escolhe a vítima, afora as tendência homossexuais,os Vampiros machos escolhem sempre uma moçoila linda e virgem (ou quase), e as Vampiras Preferem tiozões com bastante dinheiro no banco e pouco tempo de vida útil. Eles geralmente se aproximam da vítima com olhares sedutores e em seguida propõem um jogo que seria ou o não tão usual "Mostra o Seu que eu Mostro o Meu" ou o clássico " Esconde-esconde", onde o Mestre das Trevas, o Vampiro, se apoia com toda a "sensualidade exuberante do seu ser encantado" em um muro e conta até 100, enquanto a vítima desesperada tenta racionalizar a situação e se esconder em algum beco onde inevitavelmente o Vampiro, Senhor das Trevas Ocultas e Escuras estará o esperando. Depois dessa perseguição e fuga, e alguma demostração de força por parte do Vampiro, e algumas suplicas desesperadas e cenas de tudo que ela ainda não fez nessa vida, por parte da vítima, dá-se a fatídica penetração, (que se ocorrida na horizontal pode causar um período de incubação de 9 meses e um 'Parabéns', é lindo vampirinho) onde o Vampiro exalando o mais alto nível se sensualidade ao qual uma criatura na face deste planeta pode ser capaz de exalar, abocanha o pescoço da vítima perfurando a jugular e sugando através dos furos todo o sangue da criatura. Depois eles dão um jeito no cadáver, mas a gente NUNCA fica sabendo como.

Como se transformar em Vampiro[editar]

O vampirismo é predominante em todos os cantos hoje em dia.
O vampirismo chega ao mundo canino.

Tente indo a cidade de New Orleans, segundo Anne Rice lá esta infestado dessas criaturas. Se você não conseguir que um te morda em New Orleans, com certeza você vai achar alguém que faça o 'Trabalho' pra você, bastam umas galinhas pretas...

A transformação se dá pela seguinte maneira: Um Vampiro cheio de más intensões, geralmente cansado de viver sozinho nesse mundo injusto, escolhe um rapaz gostoso e dá alguns drinques para ele. Depois promete coisas tentadoras, dentre elas a imortalidade e o poder de comer todas as mulheres imagináveis, o rapaz já meio bêbado aceita e começa o passo anterior: a caçada. Mas a diferença essencial é que o Vampiro, depois de ingerir todo o sangue do incauto rapaz, devolve-lhe muito sensualmente o sangue fazendo com que ele, por sua vez, beba do sangue do vampiro. Esse troca-troca de sangue origina um Vampiro, criatura mais 'Fodona' do Reino das Trevas.

Ou então, se o método acima não te agrada, procure sangue-sugas e veja se consegue o mesmo efeito.


Ver outros vampiros[editar]

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Vampiro no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg